Artigo original

“Nós faremos o que for necessário. Essa é, evidentemente, uma questão polémica”, admite o Presidente interino.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.