Artigo original

Um ano três meses e 13 dias depois, eis que se concretiza a exigência mais requisitada dos últimos meses: Azeredo Lopes demitiu-se.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.