Artigo original

A decisão inédita contra um Estado-membro deixa o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orban, mais isolado no seio da União Europeia e da sua própria família política, o Partido Popular Europeu (PPE).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.