Artigo original

 

O prémio será entregue no próximo dia 5 de Abril, na Casa Bissaya Barreto, em Coimbra.

O escritor Richard Zimler e o pintor Júlio Pomar venceram o Prémio Bissaya Barreto de Literatura para a Infância.

O livro “O cão que comia chuva”, com texto de Zimler e ilustrações de Pomar, foi escolhido por ser uma obra na qual, nas palavras do júri, “convivem, magistralmente, duas narrativas – o texto e as imagens”.

Editado pela Porto Editora, o livro tem, segundo o júri do Prémio Bissaya Barreto, “depuração, fluidez e elegância” e conta a história de uma família “perspetivada pelo olhar peculiar de um animal de estimação”.

O prémio será entregue no próximo dia 5 de Abril, na Casa Bissaya Barreto, em Coimbra.

Na nota de imprensa, o júri destaca que nesta sexta edição do prémio houve uma “elevada adesão de candidaturas”, sublinhando ainda “a crescente qualidade dos livros apresentados a concurso”.

Nesta edição, concorreram 180 obras, com a participação de 60 editoras e de quatro edições de autor.

Nas edições anteriores, as obras premiadas foram as seguintes: 2016 – “Gato procura-se”, de Ana Saldanha e Yara Kono, editada pela Caminho; 2014 – “Pequeno Livro das Coisas”, de João Pedro Mésseder e Rachel Caiano, editada pela Caminho; 2012 – “A Bicicleta que tinha bigodes” de Ondjaki, editada pela Caminho; 2010 – “O Cavalinho de Pau do Menino Jesus e Outros Contos de Natal” de Manuel António Pina e Inês do Carmo, editada pela Porto Editora; 2008 – “O Livro da Avó” de Luís Silva, pelas Edições Afrontamento.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.