Artigo original

A jornalista búlgara Viktoria Marinova foi a terceira repórter de investigação a ser assassinada na União Europeia no espaço de um ano, depois da maltesa Daphne Caruana Galizia e do eslovaco Ján Kuciak.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.