Artigo original

Tudo parecia correr bem na noite desta segunda-feira, no programa “Passadeira Vermelha”, da SIC Caras, quando Cláudio Ramos se irritou com um problema de ar condicionado no estúdio e expressou toda a indignação que sentia. “Se eu tirasse um curso e a minha função fosse ser técnico de ar condicionado, eu garanto que não deixava um trabalhador penar num programa de televisão, num estúdio de televisão, primeiro com 40 graus e agora com menos 10. Eu era o melhor técnico de ar condicionado”, garantiu o comentador. E não ficou por aqui: “Eu estou doente, apetece-me levantar e ir para casa. […]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.