Artigo original

O dinheiro era proveniente de receitas do mês de março e terá desaparecido no final do mesmo mês, acrescentou.

Os Serviços de Migração da Cidade de Maputo arrecadaram 48 milhões de meticais (653 mil euros) naquele período e nos registos bancários da instituição está registada a entrada de 31 milhões de meticais (422 mil euros).

O caso está entregue aos serviços de investigação criminal e ao Gabinete de Central de Combate à Corrupção.

“Até agora, não temos qualquer informação. O caso já está entregue às autoridades competente e são elas que se pronunciarão”, disse a mesma fonte.

Seja sempre o primeiro a saber. Acompanhe o site eleito pela Escolha do Consumidor 2017.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download