ambiente em Alvalade continua quente. Em declarações à rádio Renascença, Pedro Madeira Rodrigues deixou duras críticas a Bruno de Carvalho e referiu que o líder dos verde e brancos já “não está a aguentar a pressão”. 

“Está a deixar de ser um tema do Sporting e passou a ser um tema de psiquiatria”, disse ainda.

“Estive presente na última AG, foi uma armadilha que foi montada, mas voltaria com todo o gosto a estar presente. Na próxima vou estar longe, tenho muita pena, queria apenas dizer a todos para estarem presentes e ignorarem as ameaças.

Não tenham medo, esta pode mesmo ser a última vez que podem exprimir as opiniões em discordância com a Direção sem haver uma punição com cobertura estatutária.

Bruno de Carvalho, tentando aproveitar uma boa conjuntura desportiva, acreditou que era o momento ideal para silenciar e perseguir quem o contraria”, afirmou o ex-candidato à presidência do Sporting.

Por fim, Madeira Rodrigues realçou que a forma como Bruno de Carvalho está a atuar demonstra que “não tem capacidade para gerir um clube como o Sporting”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.