Artigo original

Juiz Ivo Rosa entende não existirem indícios suficientes da prática de corrupção passiva por parte de dois dos envolvidos. Os outros cinco irão a julgamento, pronunciados por peculato, burla qualificada e falsificação de documentos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.