Artigo original

A entrevista de Cavaco Silva à Renascença, a primeira de um conjunto de entrevistas sobre a Europa, a propósito das eleições europeias de 26 de maio, foi marcada para falar das eleições europeias e Cavaco não cede: não fala da espuma dos dias” da política. “Há muitos políticos, neste momento, a serem comentadores na televisão, mas eu nunca fui comentador televisivo e acho que é um dos grande males neste momento, em Portugal”, diz.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.