Artigo original

No total, serão mais de mil efetivos da GNR para o combate a incêndios, mas os equipamentos só deverão estar disponíveis na totalidade em junho/julho.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.