Artigo original

Não espiar o telemóvel dos filhos, criar regras para que saibam distinguir os momentos em que podem ou não usá-lo, colocar o telemóvel longe na hora de deitar. Em entrevista à Renascença, Daniel Sampaio deixa conselhos aos pais para que lidem melhor com a relação dos filhos com a tecnologia e a internet. O psiquiatra acaba de lançar o livro “Do Telemóvel para o Mundo”, em que aborda muitos destes temas. E confessa ter “errado”, ao longo da sua carreira, ao tratar a adolescência como um “caso clínico”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.