Artigo original

O “rapper” canadiano Drake acusou um casino da cidade de Vancouver, no Canadá, de racismo depois de lhe ter sido recusada a possibilidade de jogar no estabelecimento, mesmo cumprindo todos os requisitos necessários. Revoltado pela forma como foi tratado num, casino na noite de sexta-feira para sábado, Drake recorreu à sua conta da rede social Instagram para desabafar com os fãs sobre o sucedido. “O Parq Casino é o pior negócio que já presenciei”, começou por escrever o “rapper”, de 32 anos, na ferramenta Instastories. “Traçaram o meu perfil e não me permitiram jogar mesmo quando eu tinha tudo aquilo […]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.