Artigo original
  • Executive Producer DeGeneres speaks about the NBC television show “One Big Happy” during the TCA presentations in Pasadena, California

    Fotografia: Lucy Nicholson/Reuters

  • ellen2

    Fotografia: Instagram Ellen DeGeneres

  • ellen

    Fotografia: Instagram Ellen DeGeneres

  • Cast member DeGeneres poses at the premiere of “Finding Dory” at El Capitan theatre in Hollywood

    Fotografia: Mario Anzuoni/Reuters

  • Cast member DeGeneres waves at the premiere of “Finding Dory” at El Capitan theatre in Hollywood

    Fotografia: Mario Anzuoni/Reuters

  • Actress de Rossi and television personality DeGeneres pose backstage at the People’s Choice Awards 2017 in Los Angeles

    Fotografia: Danny Moloshok/Reuters

  • Ellen DeGeneres accepts the humanitarian award at the People’s Choice Awards 2016 in Los Angeles

    Fotografia: Mario Anzuoni/Reuters

  • Ellen Degeneres takes the stage to host the show at the start of the 86th Academy Awards in Hollywood

    Fotografia: Lucy Nicholson/Reuters

  • TV personality Ellen DeGeneres arrives with her spouse, actress Portia di Rossi at the 2015 People’s Choice Awards in Los Angeles

    Fotografia: Danny Moloshok/Reuters

  • DeGeneres poses by her star after it was unveiled on the Walk of Fame in Hollywood

    Fotografia: Reuters

  • Ellen_1

    Ellen quando tinha 15 anos.
    Fotografia: Instagram Ellen DeGeneres

  • ellen1

    Ellen com o pai
    Fotografia: Instagram Ellen DeGenneres

  • ellen2

    Arco iris captado pela apresentadora, momentos antes de o pai morrer
    Fotografia: Instagram Ellen DeGeneres


Ellen DeGeneres, que perdeu a ex-namorada após um acidente de carro, revelou que a tragédia inspirou um dos seus primeiros projetos enquanto comediante.

Muito antes de se tornar numa das mais famosas apresentadoras norte-americanas, Ellen DeGeneres viu-se obrigada a lidar com uma grande perda na sua vida. Foi durante o podcast “Armchair Expert”, emitido esta terça-feira, que a “entertainer” desabafou sobre a morte da ex-namorada.

Tudo aconteceu quando tinha 20 anos. Na sequência de um grave acidente de carro, a então cara-metade da apresentadora, de 21, acabou por morrer.

Em 2015, DeGeneres já tinha falado acerca do momento difícil que havia enfrentado, admitindo que, na altura, se sentiu culpada. A tragédia, segundo o que foi relatado, terá acontecido após uma discussão entre ambas.

Agora, ao ser entrevistada pelo ator Dax Shepard, Ellen revelou que a morte da jovem inspirou um dos seus primeiros projetos enquanto comediante.

A viver sozinha e a trabalhar como empregada de mesa na época, a humorista começou a refletir sobre o que tinha acontecido. “Porque é que esta linda rapariga de 21 anos morreu e as pulgas continuam por aí?”, questionou numa altura em que morava na cave de um apartamento.

De forma a passar o tempo, DeGeneres costumava escrever de “tudo”, desde música a poesia. Foi então que surgiu a ideia para um dos seus trabalhos. “Eu achei que seria fantástico poder pegar no telefone e telefonar a Deus e fazer as perguntas à quais queríamos obter resposta”. Daí nasceu “Phone Call to God”, o seu primeiro projeto de comédia “stand-up”.

“Acabei de escrever e, quando terminei, li e pensei: ‘Meu Deus, isto é hilariante!’”, recordou a apresentadora. “Vou fazer isto no Johnny Carson e tornar-me na primeira mulher da História a ser convidada para o programa”, desejou na altura, concretizando esse sonho em 1986, quando marcou presença no formato “The Tonight Show Starring Johnny Carson” e partilhou pela primeira vez o seu trabalho.

TEXTO: Soraia Pires

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.