Artigo original

Luís Falcão de Brito perdeu quase tudo nos incêndios de 15 de outubro. “Esculturas” que decidiu criar carregam nomes daqueles que considera serem os responsáveis pela tragédia de há sete meses.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.