Artigo original

Este projeto de resolução é uma resposta aos desenvolvimentos dos programas balístico e nuclear norte-coreano.

Segundo fontes diplomáticas, um voto sobre estas novas sanções, incidentes sobre carvão e mariscos, pode ocorrer no sábado. E os norte-americanos têm esperança de evitar um veto russo ou chinês.

Esta nova resolução visa trazer Pyongyang de regresso à negociação, depois de lançar um míssil em 04 de julho, considerado pelas grandes potências como uma ameaça à segurança mundial. Em 28 de junho, a Coreia do Norte procedeu a um segundo lançamento.

O projeto de resolução visa também impedir as exportações de ferro e chumbo.

Desde o primeiro ensaio nuclear norte-coreano, em 2006, a ONU impôs seis pacotes de sanções à Coreia do Norte.