Artigo original

 

A cantora norte-americana está a ser acusada de assédio sexual pela agente com quem trabalhava diretamente. O representante legal de Mariah Carey já respondeu às alegações.

Stella Stopler começou a trabalhar para a compositora, de 48 anos, e devido ao cargo que ocupava andava quase sempre atrás de Mariah. Agora, após ter sido despedida há um ano, veio a público acusar a artista de assédio.

De acordo com o site TMZ, a ex-empresária alega que a autora de “All I Want For Christmas” raramente utilizava roupas ao pé de si, e que praticava atividades sexuais à sua frente.

Stella revelou ainda que a cantora não teve cuidado algum com a medicação que devia tomar para tratar do transtorno bipolar, que sofre desde 2001 e que assumiu recentemente.

A ex-empresária alegou que foi despedida a meio de uma ligação contratual de três anos, e que ainda falta receber uma quantia monetária significativa.

O representante legal de Mariah Carey já respondeu publicamente a estas acusações afirmando à mesma publicação norte-americana que são “alegações infundadas” que serão “defendidas com sucesso”.

 

TEXTO: Tiago Firmino (com NA)

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.