Artigo original

No programa Casa Comum, da Renascença, Medina faz um balanço positivo do mandato de Joana Marques Vidal, mas critica violações do segredo de justiça. Por sua vez, Paulo Rangel estranha que, por alguma razão, o universo socialista não pretenda a continuidade da procuradora.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.