Artigo original

Ministro da Economia pediu às pessoas que “não se precipitem” para não diminuir a capacidade de gerir a situação.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.