Artigo original

 

Em Portugal, a companhia aérea conta cancelar oito ligações. Greve do pessoal do grupo alemão deverá afetar cerca de 90 mil passageiros.

A Lufthansa conta cancelar mais de 800 voos nesta terça-feira, metade dos estão previstos, na sequência de uma greve do pessoal em quatro aeroportos na Alemanha: Frankfurt, Bremen, Colónia e Munique.

Os cancelamentos vão afetar cerca de 90 mil passageiros, alguns deles em Portugal onde, durante a manhã, foram cancelados três voos: um de Lisboa e dois de e para o Porto.

No total, deverão ser cancelados oito voos da Lufthansa com destino ou partida de Portugal, segundo informou fonte da empresa à agência Lusa. Entre eles estão as ligações Lisboa-Munique (6h15), Lisboa-Frankfurt (12h05), Porto-Frankfurt (12h25) e Faro-Frankfurt (15h30).

Da Alemanha para Portugal, os cancelamentos afetam os voos Frankfurt-Lisboa (9h15), Frankfurt-Porto (9h45), Frankfurt-Faro (11h40) e Munique-Lisboa (7h45).

A transportadora pede aos passageiros que verifiquem o estado dos seus voos no site (www.lufthansa.com) antes de se deslocarem para o aeroporto. Podem ainda obter informações através das redes sociais Facebook e Twitter.

Os passageiros cujos voos não tenham sido cancelados devem chegar aos aeroportos com maior antecedência porque se prevê uma espera maior.

Por causa da greve, a Lufthansa dá a possibilidade de se mudar, de forma gratuita, os voos de 10 de abril a partir dos aeroportos de Frankfurt e Munique para outros, nos sete dias seguintes.

Na opinião da diretora de pessoal da Lufthansa, Bettina Volkens, a paralisação é “inaceitável”.

O sindicato alemão do setor de serviços Verdi convocou a greve para pressionar as negociações de um novo contrato coletivo, exigindo para 2,3 milhões de trabalhadores do setor público aumentos salariais de 6% ou de pelo menos 200 euros mensais.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.