Artigo original

Já faltam alimentos, água e medicamentos na província, alerta a Unicef.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.