Artigo original

“Deus perdeu mais tempo comigo, sou um privilegiado”, disse esta segunda-feira o cantor Tony Carreira, na apresentação da sua autobiografia, “O Homem que Sou”, quando celebra 30 anos de carreira. Em conferência de imprensa, Tony Carreira afirmou que escreveu este livro, com a ajuda de alguns amigos, “para agradecer às pessoas” que o ajudaram a chegar até aqui, “mas sobretudo ao público”. A biografia “O Homem que Sou”, de 223 páginas, é dividida em 44 capítulos, conta com um prefácio, “Início do Espetáculo”, e tem um remate, “O Espelho do Camarim”. Percorra a galeria e veja quem esteve na apresentação. […]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.