Artigo original

O conflito da Ryanair com os trabalhadores voltou a levantar questões sobre o modelo empresarial de baixos custos, bem como sobre as consequências que têm nas relações laborais. É possível vender mais barato sem atropelar direitos? E os consumidores, que responsabilidade têm?

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.