Artigo original

Catarina Martins diz que se chineses avançarem com uma OPA é “manobra particularmente perigosa”. Presidente da República não se pronuncia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.