Artigo original

Encenador quis explorar essa “máquina emocional que é o actor”, pegando na memória de cada um deles e transformando-a em ficção.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.