Artigo original

Apelo de Marta Temido surge depois de a Ordem dos Médicos ter denunciado que muitos doentes prioritários não estão a ser operados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.