Artigo original

Adalberto Campos Fernandes admitiu no Parlamento que há momentos de ruptura, mas isso não acontece sempre, e convidou os deputados a irem ao terreno.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.