Artigo original

Nesta aldeia, com perto de uma centena de habitantes, o silêncio do dia-a-dia é apenas interrompido pelas vozes das três crianças e dos animais que sobreviveram ao fogo e que são a melhor companhia para muitos idosos que ali vivem isolados.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.