Artigo original

O professor universitário radicado nos EUA, diz que a decisão sobre o futuro de Joana Marques Vidal marcará o ano presidencial. Em entrevista à Renascença, o antigo presidente da FFMS sublinha que “Marcelo tem uma noção maximalista” do cargo e que a conjuntura o tem ajudado nesse campo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.