Artigo original

Dois deputados já se comprometeram a devolver o que poderão ter recebido em duplicado, mas, apesar das dúvidas éticas, pode não haver qualquer ilegalidade no que se tem passado. Saiba aqui o que está em causa.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.