Artigo original

O episódio, ocorrido em fevereiro de 2017, motivou uma queixa por escrito ao Serviço Regional de Proteção Civil.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.