Artigo original

Parlamento vai reunir-se esta segunda-feira para votar decreto assinado por Petro Poroshenko.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.