Artigo original

Apesar do cessar-fogo decretado para poder ser prestada ajuda humanitária, os bombardeamentos continuam a acontecer.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.