Artigo original

O silêncio de Aung San Suu Kyi sobre a minoria muçulmana levou a Amnistia Internacional a acusá-la de praticar “política de avestruz”. ONU considera os Rohingya uma das minorias mais perseguidas do planeta.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.