Artigo original

O Facebook precisou que os piratas informáticos tiveram acesso ao nome e contactos de cerca de 15 milhões de utilizadores e a outros dados de cerca de 14 milhões de utilizadores.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.