Artigo original

 

A fabricante coreana está a desenvolver baterias que usam grafeno, em vez de lítio. A utilização deste material permite cargas mais rápidas e maiores autonomias.

Este tipo de baterias de grafeno poderá ser particularmente útil quando os smartphones começarem a encher-se de apps de VR e Realidade Aumentada, que irão esgotar completamente a autonomia.

Segundo a Samsung, é possível recarregar uma destas baterias de grafeno em apenas 12 minutos. Por outro lado, estes componentes também mantêm uma temperatura estável de cerca de 60 graus, explica o estudo da Samsung citado pela Nature Communications.

Os investigadores da Samsung testaram fundir as bolas de grafeno que encontraram com sílica e usaram esse materia como camada protetora e material para as baterias de iões de lítio, conferindo-lhe as capacidades de maior autonomia e rapidez de carga. A Samsung ainda está no processo de registar as patentes desta descoberta.

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.