Artigo original

O bastonário da Ordem dos Médicos considera “urgente uma reflexão por parte do primeiro-ministro”, face aos problemas e instabilidade que atingem o sector da Saúde.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.