Artigo original

Milhares de trabalhadores da Google em todo o mundo sairam por momentos dos seus escritórios para protestarem contra a desigualdade laboral e pedir alterações na forma como a empresa lida com casos de assédio sexual.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.