Artigo original

Os sindicatos dizem que, apesar das “muitas promessas”, subsistem todos os problemas que o Ministério de Educação conhece há mais de dois anos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.