Artigo original

“Não ficou provada a tese da acusação”, ditou juiz. Caso remonta a 2009, quando um homem de 29 anos deu entrada no hospital de Évora com um traumatismo torácico.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.