Artigo original

São “pais do coração”, porque os filhos não nasceram de dentro deles. A “gravidez” costuma demorar mais do que nove meses e a espera é dura. Ana Kotowicz viveu tudo isso e decidiu ajudar quem quer fazer o mesmo. “Adotar em Portugal” é “um guia para futuros pais”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.