Artigo original

O contrato-programa prevê dotações de 18,5 milhões de euros para os olímpicos e 6,9 milhões para os paralímpicos. No segundo caso, trata-se de um aumento de 82%, face ao Rio.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.