Artigo original

Procuradora-Geral da República quer investimento forte e incisivo na prevenção e recusa atribuir à Justiça “as únicas ou principais responsabilidades das falhas do sistema”.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.