Artigo original

A campanha “Diz não ao Artigo 13” é lançada esta quinta-feira e junta alguns youtubers portugueses a associações da sociedade civil, políticos, professores universitários, advogados, entre outros profissionais, que estão descontentes com as reformas propostas pela União Europeia no que diz respeito aos direitos de autor na Internet.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor escreva algo no seu comentário.
Por favor insira o seu nome aqui.